9.1.15

Aos dois e dois

Oi gente, tudo bem? Como passaram as festas? 

Nós aqui mantivemos o nosso plano e saímos relativamente cedo na noite do dia 31. Beatriz dormiu assim que chegou em casa, acordou com os fogos e logo voltou a dormir. No dia seguinte, fomos almoçar na minha mãe e ela cochilou antes das 14h, até às 16h. Conseguimos almoçar sossegados, ou seja, foram dois dias de sucesso total :)

Estou sendo bem Pollyana com este "sucesso", porque tivemos algumas birras nestes dias e nos dias subsequentes. Como já estou trabalhando desde o dia 05, ela está ficando na minha sogra e até reclamou num dos dias que a deixei pela manhã. Vamos ver o que vai acontecer na escolinha na segunda, hahaha.

Enquanto isto, nós vamos tentando lidar com os terrible two da maneira que conseguimos e eu acabei adotando algumas medidas, digamos, facilitadoras da hora das refeições aqui em casa. A Beatriz comia de tudo e, do nada, começou a encanar com verdes e com frutas. Nem banana ela aceita mais. Suco de laranja então, nem pensar. 

Estamos devagar oferecendo as frutas e ela tem voltado a aceitar a laranja lima e o abacaxi. O que funcionou bem por aqui foram os picolés caseiros. É muito simples: faço suco de melancia, de abacaxi com hortelã ou papa de manga e coloco nas forminhas de picolé. Depois das refeições, ela toma um sorvetinho, sem açúcar, refrescante e que não dá stress nenhum. Querendo ou não, ela está comendo fruta. O de melancia faz o maior sucesso :)
Quanto aos vegetais, ela realmente rejeita se estiverem no prato. É capaz dela nem querer o arroz e o feijão dependendo do dia. O que eu tenho feito: cozinho e processo uma mistura de legumes com espinafre (bem parecido com o preparo das papinhas, mas com vegetais misturados) e misturo no feijão na hora de temperar. Eu deixo o feijão engrossar um pouco e "tempero" com a papa de legumes. Corrijo o sal e prontinho! Ela come sem saber e eu fico tranquila.

Mesmo com os legumes escondidos, o prato é sempre montado com uma salada, um purê ou com legumes/verduras refogados. Sempre apresento os verdes, para passar a lição de que está no prato, é o que tem pra hoje, se ela quiser comer. Se não quiser, eu não forço e não me estresso. O que não pode é não apresentar ou se estressar se não comer. E nem substituir por besteiras.

Outra dica, que peguei do blog "As delícias do Dudu", é incorporar legumes no hambúrguer de carne moída. Quando vou montar, misturo um pouco de cenoura ralada ou abobrinha e ela sempre aceita. Ficam bem gostosos! Acredito que dê para fazer o mesmo com Nuggets de frango, que fiz este fim de semana sem legumes, mas que ficaram ótimos, bem úmidos.

Espero que tenham gostado! Um feliz 2015!

XO

Nenhum comentário: