24.12.14

E chegamos ao nosso 3º Natal...

Sim, sim, este é o terceiro Natal da Beatriz conosco!! E, depois de três "natáis" e três "anos-novos", acho que aprendi algumas coisas importantes a respeito destes dias que fogem completamente à rotina.
Eu particularmente nunca gostei de Natal. Bem, nunca é muito tempo, talvez tenha aproveitado até os 13-14 anos, quando estes dias viraram mais obrigação do que diversão. Então, certamente o Natal com bebê é um desafio para esta pequena família, até porque o marido também não curte.
Não queremos que a Beatriz seja como nós. Queremos que ela curta a magia desta época, do Papai Noel, da decoração, da manhã de Natal, então deixamos a casa decorada e amanhã ela encontrará um Olaf embaixo da árvore (depois eu conto como foi). 
O que eu quero passar para vocês são algumas dicas com base nas nossas experiências (e erros) dos últimos anos. Vamos lá:

- Filhos menores de 2 anos: considere só dar uma passadinha no parente mais próximo. Nada de peregrinação por três ou quatro casas, vá no parente mais chegado, fique o quanto puder e se recolha. Erro que cometemos: no primeiro Natal, a Beatriz tinha menos de 2 meses e eu, burra, cedi à pressão e fiquei nos parentes. Ela ficou bem estressada e eu super me arrependo. No Ano Novo foi muito pior por causa dos fogos.

- As ceias de Natal são geralmente servidas após às 22h. Já considere a possibilidade de não conseguir cear ou de comer rapidinho se o bebê for pequeno. Tanto em 2012 e 2013, saímos antes da sobremesa e eu praticamente engoli a comida. Horrível! Dica da gorda: minha mãe vai fazer um prato especial e eu já pedi para ela guardar uma marmitinha para mim :)

- Não temos crianças na minha família próxima, então é legal levar alguns brinquedos e algum desenho no celular ou tablet. Não entendo a neurose dos meus parentes de não deixarem ligar a TV nestas noites...

- Programe as sonecas do dia. Hoje, dia 24, vamos deixar a Beatriz dormir o quanto quiser agora a tarde, para ela aguentar até umas 22h à noite. Pretendemos manter o mesmo esquema no dia 31.

- Alimentação. O almoço foi normal (arroz, feijão, verdura, frango e fruta), assim como o lanche. Vou oferecer algo leve no jantar, no horário normal, porque tenho certeza que ela vai beliscar um pãozinho à noite. 

- Cara de paisagem. O bebê se irritou? Está com sono? Despeça de todos e vá para casa com aquela mega cara de paisagem à vista dos comentários clássicos do tipo "fica mais um pouquinho" ou "pode fazer dormir no meu quarto". Eu não escuto e, se bobear, publico a mancada deste pessoal no facebook, kkkkk.

- Almoço do dia 25 e do dia 01. Maior mico do Natal, pronto falei. Tá todo mundo de ressaca, foi dormir tarde e ainda tem de comer de novo. Fazer o quê? Com certeza vamos embora lá pelas 22h hoje e levantar perto das 8h será ótimo. A Beatriz vai mamar neste horário e almoçará antes do meio-dia, algo leve, já contando com os beliscos do almoço. A dica aqui é a mesma: cansou, se recolha. Nada pior do que um bebê estressado, pois nós, pais, ficaremos doidos também.

- Importante, muito importante. Relaxe. É um momento em família, então se você estiver relaxada, a criança também estará. 

Feliz Natal para todos!

XO


Nenhum comentário: